[whatsappsupport number="911234567890" text="Fale com um Advogado!" text-color="#fff" bg-color="#22c15e" bold-text="700" message="Hello." ]

Racismo estrutural é tema de debate virtual no canal do TRT/CE no Youtube

A Biblioteca do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE) promoveu a 11ª edição virtual do Odisseias Literárias no dia 25 de agosto. O encontro do grupo de bate-papo literário da Justiça do Trabalho do Ceará contou com a participação da escritora Odailta Alves e teve como tema “Racismo estrutural (sobre)vivências literárias”. Assista ao vídeo da transmissão aqui.

Rejane Albuquerque, bibliotecária do TRT/CE, fez a mediação do evento. “Essa tema referente ao racismo precisa estar em debate nos espaços de poder. O racismo estrutural e a violência que se manifesta. Como seres humanos, precisamos falar sobre o assunto e desenvolver atitudes que combatam o problema racial”, afirmou a servidora.

A bibliotecária exaltou, também, a representatividade da convidada para debater o tema. “Por meio da literatura, a Odailta denuncia os problemas raciais. Ela já sentiu e sente na pele o que é ser discriminada por causa de sua etnia. Tem autoridade para falar, porque tem vivência no assunto”, completou.

A abordagem do tema buscar estar alinhada com a meta 5 da Agenda 2030 da Organização das nações Unidas (ONU).

Convidada

Odailta Alves nasceu na favela de Santo Amaro (Recife/PE) e é escritora, educadora, atriz e ativista de Direitos Humanos. Mulher negra, possui mestrado em Linguística pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e é servidora da Secretaria de Educação de Pernambuco, em que trabalha com formações antirracistas. Possui cinco livros publicados: Clamor Negro, Cativeiros de Versos, Letras Pretas, Escrevivências e Pretos Prazeres.

Open chat
Precisando de um especialista?